6 coisas que só quem é mãe de menino entende

Por que é diferente – e incrível – ter um filho

Desde cedo, quem tem um filho homem aprende a ter um cuidado redobrado para recebê-lo de braços abertos quando ele vem correndo ao nosso encontro, com toda a força e energia que só um menino é capaz de ter. E nesse momento, envolvida por bracinhos pequeninos, temos a certeza de que ele é simplesmente o cara que você mais amou e o que mais a amará por toda a vida. Claro que amor incondicional não é exclusividade das mães de meninos, mas o nosso é diferente – vai “ao infinito e além”. Que tal lembrar – e se divertir – de outras peculiaridades que nos une nessa missão de educar os homens da próxima geração?

1) A troca de fraldas é um momento de tensão, afinal, é preciso ter reflexo apurado para se esquivar daquele jato safado de xixi.

2) Princesas da Disney? Que nada. Quero ver falar de cor o nome de todos os personagens de Carros. Do I e do II!

3) Haja habilidade em linguística para descobrir como foi o dia na escola, o que ele comeu ou os melhores momentos do passeio com o pai – conversar não é prioridade do sexo masculino em nenhuma idade.

4) Joelhos ralados, hematomas, pontos, cicatrizes, dente e/ou osso quebrados. #quemnunca?

5) Dá um baita orgulho ver o seu filho tratando bem os coleguinhas, tanto os meninos quanto as meninas. Ser amável, afinal,  é “coisa de homem”.

6) Quantas vezes preciso repetir para abaixar a tampa da privada?

Fonte: Revista Crescer