Anemia ferropriva

A anemia ferropriva, ou anemia por deficiência de ferro, isoladamente, é a deficiência nutricional mais frequente no mundo. Ocorre principalmente em crianças menores de 5 anos de idade e em mulheres na idade fértil. Vamos nos deter às crianças.

A hemoglobina (abreviada no hemograma como “Hb”) é uma proteína localizada dentro dos glóbulos vermelhos ou hemácias, responsável pelo transporte de oxigênio no organismo. Para ser produzida precisamos de estoques de ferro adequados no organismo.

Onde conseguimos o ferro?

Existem dois tipos de ferro nos alimentos:

  • Orgânico (ferro heme): presente nas carnes em geral,
  • Não-orgânico (ferro não-heme): presente nos vegetais, cereais e outros alimentos.

O ferro orgânico é muito mais facilmente absorvido do que o não orgânico, e por isso na infância devemos sempre oferecer carnes às crianças durante as refeições.

Durante os seis primeiros meses, a criança em aleitamento materno exclusivo consegue manter seu estoque de ferro, porém mamães, fiquem atentas, assim que a criança começar a comer outros alimentos, precisamos dar uma dose preventiva de ferro (EXCLUIR:2mg por quilograma de peso/por dia através de medicamentos) para que ela não desenvolva a anemia por falta de ferro nos dois primeiros anos de vida. Converse com seu pediatra sobre a suplementação de ferro.

Os bebês que tomam fórmulas lácteas (leites artificiais semelhantes ao leite materno) não precisam, pois as fórmulas infantis costumam ter a quantidade de ferro adequada.

Os prematuros são uma exceção, pois o armazenamento de ferro intra-útero ocorre principalmente nos últimos meses de gestação e, portanto, o estoque destes bebês é menor do que os que nasceram no tempo certo.

Como perceber que meu filho (a) pode estar com anemia?

Os principais sinais e sintomas são: cansaço, palidez, dificuldade de concentração, apatia, prejuízo no crescimento, irritabilidade, falta de interesse e dificuldade de aprendizado, queda de cabelos, cabelos e unhas quebradiças.

É importante ressaltar que a anemia ferropriva pode causar prejuízo comportamental e no desenvolvimento.

Abaixo tabela com alguns alimentos ricos em ferro e o tipo de ferro:
Atenção: LEMBRAR QUE BETERRABA NÃO É UM ALIMENTO RICO EM FERRO.

Alimentos Quantidade (110g) Fe (mg)
Ferro heme    
Carne gado (lagarto) 1 bife médio 1,9
Carne de gado (contrafilé) 1 bife médio 2,4
Carne de gado (patinho) 1 bife médio 3,0
Frango (coxa) 2 unidades grandes 0,8
Frango  (peito) 1 pedaço médio 0,3
Frango  (sobrecoxa) 2 unidades pequenas 1,2
Coração de frango 12 unidades grandes 6,5
Peixe cozido 1 filé médio 0,4
Carne de porco (bisteca) 1 pedaço médio 1,0
Carne de porco (costela) 1 pedaço médio 0,9
Fígado de boi 1 bife médio
5,8
Fígado de galinha 2 unidades médias 9,5
Ferro não-heme    
Ovo 2 unidades 1,5
Feijão preto 1 concha média 1,5

 

Fonte: Departamento Científico de Oncologia e Hematologia da SPSP