Seu filho dorme tarde todos os dias?

Na faixa etária entre 1 e 6 anos, é recomendável que a criança mantenha em torno de dez a 12 horas de descanso por noite. Isso significa que dormir muito tarde pode impactar no encurtamento desse período e, consequentemente, trazer prejuízos que passam por hiperatividade, dificuldade de prestar atenção às aulas, agressividade, irritação e até mesmo gerar problemas graves de saúde, como obesidade infantil e alteração do crescimento.
 

É bom que os pais saibam reconhecer se o filho está manifestando algum desses sintomas ao longo do dia e, se for o caso, ajustar a rotina. Uma boa dica é comparar o tempo de sono de sábado e domingo com o da semana. Se há muito contraste no número de horas, algo pode estar errado – ou seja, se ele vai se deitar depois das 23 horas e levanta às 7 horas para ir à escola, é provável que a quantidade de sono esteja insuficiente.

Vale ressaltar que a melatonina (hormônio produzido no cérebro que é responsável por regular o sono) invade o corpo progressivamente a partir das 18 horas e, às 20 horas, atinge seu pico. Por esse motivo, colocar a criança para dormir nesse horário é, sem dúvida, um facilitador do descanso. Lembre-se que, quanto mais calmo e escuro o ambiente estiver, mais melatonina o corpo produzirá.


Fonte: Revista Crescer