Vacina contra a Febre Amarela

19/04/2017 14:05

A vacina contra febre amarela está indicada para crianças a partir dos 9 meses de idade que residam ou que irão viajar para área endêmica.

 

São esses os estados brasileiros onde se concentra a maioria das notificações de febre amarela: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Distrito Federal e Minas Gerais e alguns municípios dos estados do Piauí, Bahia, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Para saber quais são esses municípios informe-se nas unidades de saúde desses estados.

Se viajar para áreas de risco, é fundamental se vacinar contra Febre Amarela dez dias antes da viagem.

A vacina é aplicada através de injeção, em dose única, com reforço a cada 10 anos. Essa vacina encontra-se no quadro da Rede Pública de Saúde e faz parte do Calendário Básico de Vacinação da Criança.

A criança que toma a vacina fica protegida contra a febre amarela que é uma doença infecciosa, causada por um vírus transmitido por vários tipos de mosquito. Um dos tipos de febre amarela é a urbana a qual não ocorre no Brasil desde 1942.

Sintomas - A forma da doença que ocorre no Brasil é a febre amarela Silvestre. É uma doença grave, que se caracteriza por febre alta repentina, calafrios, dor de cabeça, náuseas e pode ocasionar sangramento no fígado, no cérebro e nos rins, podendo, em muitos casos, causar a morte.

Após três ou quatro dias, a maioria dos doentes (85%) que apresenta os sintomas iniciais recupera-se completamente e fica permanentemente imunizado contra a doença.

A febre amarela não tem tratamento específico e as pessoas com suspeita de febre amarela devem ser internadas para investigação diagnóstica e para hidratar e tomar antitérmicos. Não deve ser utilizado remédio para dor ou para febre que contenha ácido acetil-salicílico, pois aumenta o risco de sangramentos.


 

 

Voltar