A importância da alimentação para tratar hipertensão

O tratamento da hipertensão arterial na infância dependerá da causa encontrada. Nos casos de hipertensão primária, inicia-se o tratamento com mudanças no estilo de vida.
• Uma dieta com pouco sal;
• Evitar frituras e dar preferência a gorduras insaturadas, como azeite;
• Evitar embutidos, enlatados e condimentos;
• Não se deve levar o saleiro à mesa.

Quanto às atividades físicas, a Academia Americana de Pediatria orienta que, a partir dos seis anos de idade, sejam praticados exercícios físicos vigorosos pelo menos uma hora por dia ou dois períodos de meia hora – preferencialmente todos os dias da semana – e que a atividade física seja diversificada de forma a exercitar todos os músculos e ossos, revezando exercícios aeróbicos e anaeróbicos. Crianças e adolescentes hipertensos que sejam atletas poderão manter suas atividades desde que a pressão arterial esteja controlada e tenham passado por uma avaliação cardiológica prévia. Já atividades como assistir televisão e jogar videogame devem durar no máximo duas horas por dia.
Nos casos de hipertensão associada à obesidade, é notório que com a redução do peso e mudanças no estilo de vida ocorre diminuição e até mesmo normalização dos valores de pressão arterial.

Fonte: Departamento Científico de Nefrologia da SPSP

child-1566470_1280.jpg

valor. cuidados de qualidade. conveniência.