Aleitamento materno favorece a saúde oral infantil

Dra. Monica Picchi Pediatra em alphavill

Além dos inúmeros benefícios para a saúde do bebê e da mãe, o aleitamento materno também favorece o desenvolvimento da face, da boca e de funções como a respiração, a fala e a mastigação. Vamos entender como tudo isso ocorre.

O aleitamento materno estimula e atua sobre vários músculos do rosto, além de favorecer a respiração pelo nariz. Esses dois fatores estimulam o crescimento da face (dos maxilares), proporcionando um adequado desenvolvimento dos arcos dentários e favorecendo a erupção dos dentes.

Durante a amamentação, os movimentos de sucção realizados pelo bebê em sincronismo com a respiração nasal favorecem e preparam as estruturas da boca para as funções da mastigação e da fala. A amamentação exclusiva durante os seis primeiros meses colabora para o bom desenvolvimento de sua saúde geral e oral, diminuindo o risco de problemas da mordida (oclusão dentária).

Primeira visita ao odontopediatra

Vale lembrar que, enquanto os dentes de leite não estiverem presentes, a boca do bebê não deve ser higienizada após as mamadas, segundo orientação do Grupo de Saúde Oral da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP).  Contudo, assim que o primeiro dente aparecer na boca, a higiene oral deve ser iniciada utilizando uma escova dental pequena, de cerdas macias e com pasta de dente (contendo flúor) na quantidade equivalente a um grão de arroz cru. Esse também é o momento oportuno para a visita ao odontopediatra, para que a mãe receba as orientações sobre higiene oral, crescimento e desenvolvimento orofacial, bem como os cuidados com os hábitos alimentares.

Pense nisso e amamente seu bebê!

Fonte: Grupo de Trabalho de Saúde Oral da SPSP.

valor. cuidados de qualidade. conveniência.